BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Sindicalista sofre atentado a bala e denuncia à Ouvidoria Agrária Regional

Ele acredita que atentado tenha a ver com a disputa pela presidência do sindicato e pede segurança.

O agricultor Raimundo Nonato Fontenele Cardoso escapou de atentado à bala no caminho entre o assentamento Biribidinha, do Crédito Fundiário, e a sede do município de Cocal, onde é secretário de Política Agrícola do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR).

Nonatinho, como é conhecido, levou um tiro de rifle pelas costas, mas salvou-se por conta de um notebook que carregava na mochila. O crime aconteceu na última quinta-feira (24), por volta das 7 horas, e foi denunciado na delegacia de polícia de Cocal no mesmo dia.

Na manhã desta segunda-feira (28), Nonatinho formalizou denúncia junto à Ouvidoria Agrária Regional, sediada na Superintendência Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra-PI) e pedirá providências à Secretaria Estadual de Segurança.

O trabalhador rural explica que depois do ocorrido, esta sem planos e se sente inseguro, “estou preocupado, e me pergunto o porquê deste atentado, minha família esta sofrendo muito e chocada com esta ação”, disse.

O advogado José Maria de Araújo Costa, que acompanha o caso, disse que foi feito o contato com a delegacia do município e realizado o inquérito policial, mas a delegacia possui estrutura muito precária para fazer a diligência.

“Estamos junto a FETAG-PI, e vamos a Secretaria de Segurança pedir o reforço ao trabalhador. Fizemos reuniões com pessoas da comunidade, e todos são humanes em dizer que o Nonatinho, não possui inimigo, e que a motivação do crime possa ser politica, pois não houve assalto, a policia já chegou a esta conclusão.”, disse.

Ainda segundo o Advogado José Maria de Araújo Costa, as investigações levam a crer que o crime foi encomendado por alguém, e que tem interesse em calar a voz e tira-lo do caminho, “ Nonatinho é uma pessoa que vem desenvolvendo um trabalho muito bom junto a associação do crédito fundiário, a ouvidoria nacional do Crédito Fundiário, nos pediu que acompanhasse o caso e estamos trabalhando”, fala.

Nonatinho esta em campanha sindical, e a eleição do STTR acontecem em abril. “A policia esta fazendo as investigações e acredita piamente que seja uma motivação politica, o fato mais próximo que analisamos são as eleições sindicais. Vamos a Comissão de Direitos Humanos da OAB e na Secretaria de Segurança para pedir apoio”. finaliza.

Segundo a Assessora Jurídica da FETAG-PI, Danielle Patrice Liar Bandeira, que acompanha o caso, a entidade vai acompanhá-lo na representação criminal e fez um oficio requerendo a Secretária de Segurança do Estado que seja nomeado um delegado especial e possa apurar de forma devida todo este caso.


fonte:fetagpi.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário