BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Júri popular condena acusado de homicídio a 17 anos de reclusão em Cocal


O Tribunal Popular do Júri de Cocal, condenou a 17 anos de prisão em regime inicialmente fechado, o lavrador Adão dos Santos Ferreira, de 34 anos, residente no povoado João Mendes, zona rural de Cocal. Ele é acusado de ter ceifado a pauladas a vida do também lavrador, Fábio Raimundo de Sousa, crime ocorrido no ano de 2011, na localidade Boiba, zona rural de Cocal. 

Na foto: Juiz titular da Comarca de Cocal- Dr. Carlos Augusto Arantes Júnior
Devido aos trabalhos de reforma e ampliação no Fórum de Cocal, a sessão foi realizada na Câmara Municipal de Vereadores e foi presidida pelo Juiz, Dr. Carlos Augusto Arantes Júnior, tendo na acusação o Promotor de Justiça, Dr. Francisco Túlio Ciarlini Mendes. A defesa do réu ficou a cargo do Defensor Público, Advogado Robert Rios Magalhães Junior. O conselho de sentença foi formado por quatro mulheres e três homens. 


O crime aconteceu no dia 17 de abril, por volta das 21:00 horas. O corpo da vitima foi encontrado na manhã do dia seguinte (18/04/2011), abandonado às margens de uma estrada vicinal, apresentando lesões evidentes no crânio e tórax. 

Na Foto: Réu Adão dos Santos Ferreira
Acusado e vitima ingeriam bebida alcoólica em um bar, de onde saíram juntos antes do crime. Após o fato, Adão fugiu e foi preso quase um ano depois, no dia 14 de março de 2012, no município de Luís Correia. Adão estava escondido na casa de um tio e foi denunciado pelo mesmo, que descobriu que o próprio sobrinho estava mantendo um caso amoroso com a sua esposa. (CLIQUE AQUI E VEJA A MATÉRIA DA PRISÃO)

Na Foto: Defensor Público, Advogado Robert Rios Magalhães Junior





Nenhum comentário:

Postar um comentário