BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Mulheres custodiadas na DPC de Cocal são transferidas para a Penitenciaria Mista de Parnaíba


Depois de nove dias custodiadas na DPC de Cocal, as detentas Maria do Carmo Rodrigues de Carvalho, de 56 anos, residente em Parnaíba e Conceição de Maria dos Santos Serra, 41 anos, natural de São Luís do Maranhão, mas atualmente residindo em Salvador- Bahia, foram conduzidas na tarde desta quarta-feira (23/12), a Central de Flagrantes de Parnaíba, onde foram ouvidas pelo delegado regional Eduardo Ferreira e pelo delegado Artur Barros Leal. Após serem ouvidas elas foram transferidas para a Penitenciaria Mista de Parnaíba.


As mulheres foram presas no dia 14 de dezembro deste ano (clique aqui e reveja), após tentarem sacar na agência do Banco do Brasil de Cocal, uma quantia de quase R$ 8.000,00 (oito mil reais) de um empréstimo consignado realizado com documentos falsos numa filial do BB em Teresina. Com elas a policia apreendeu varias cédulas de identidade adulteradas e em branco, além de material utilizado para a falsificação das mesmas. 


Segundo Walter Brune, agente da Policia Civil de Cocal, devido a suspeita da existência de uma quadrilha interestadual tem-se prologando às investigações, especialmente por conta de dez cédulas originais de Registro Geral (RG), além de duas matrizes utilizadas para perfuração de cédulas de identidade, terem sido encontradas com as suspeitas.


As investigações da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Parnaíba se devem ao fato de no ano passado terem desaparecido 90 cédulas de Registro Geral quando estas foram encaminhadas de Teresina para o Instituto de Identificação de Parnaíba. Quando foi realizada a conferencia, um dos malotes estava violado e faltavam as cédulas. Quanto ao caso referente ao estelionato, o delegado Arthur Leal concluiu a coleta do depoimento das investigadas. 


Com informações do Portal Costa Norte
Edição Blog do Coveiro


Nenhum comentário:

Postar um comentário