BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

domingo, 3 de janeiro de 2016

Eletrobras intensifica trabalhos da rede elétrica e alerta sobre árvores na fiação em Cocal

Equipes da Eletrobras Distribuição Piauí realizaram nos primeiros dias desse ano (2016), diversas ações como instalação de equipamentos, troca de transformador, manutenções corretivas e preventivas, além da poda de árvores que interferem na rede elétrica em Cocal. 


Os trabalhos tiveram como objetivo garantir a melhoria da qualidade no fornecimento de energia e promover a satisfação dos clientes que estavam sendo afetados com problemas de instabilidade e constantes quedas no fornecimento de energia.

De acordo com o Sr. Frota, servidor da Eletrobras e residente em Cocal, um transformador localizado no bairro São Pedro foi substituído por um mais potente e já sanou os problemas no tocante as constantes quedas na distribuição de energia do bairro. Frota também alerta sobre árvores na fiação e a importância de mantê-las sempre com copa rebaixada aos fios de alta tensão.


"Os trabalhos realizados nesses dias resultou em uma melhora significativa na qualidade da energia fornecida para os clientes dos mais distintos bairros da cidade, principalmente aos do bairro São Pedro. Outro problema muito comum e que provoca muitas quedas no fornecimento de energia são os galhos de árvores próximas à rede elétrica" disse Frota.


"A Eletrobras mantém um contato com uma empresa terceirizada especializada na poda de árvores. Ela realiza uma vistoria periódica em toda a cidade e é importante que a população entenda que o trabalho consiste no rebaixamento da copa, em que o objetivo principal é se livrar dos galhos das árvores do contato com a rede elétrica, evitando riscos a população e problemas no sistema de distribuição de energia no município, sem danificar a arborização. Mas, já tivemos casos de clientes que não se manifestam, de forma particular, em diminuir os galhos de suas árvores e ainda tentam impedir o trabalho desses profissionais", reitera.



Nenhum comentário:

Postar um comentário