BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

sábado, 9 de abril de 2016

Militares e agentes penitenciarios acabam motim em Presidio de Parnaíba

A rebelião iniciada por presos dentro da penitenciária Mista de Parnaíba, no litoral piauiense, na noite desta sexta-feira (08), foi controlada pela polícia militar no início da manhã deste sábado (09). 

De acordo com o comandante do 2º BPM da cidade, major Adriano de Lucena, a polícia ainda não identificou os líderes do motim, nem o motivo do tumulto. Segundo o comandante, não foram registrados óbitos e feridos. 


“A rebelião foi controlada às 6 horas da manhã de hoje. Não houve feridos, não houve óbitos. A Polícia militar não sabe o motivo, nem identificou ainda os líderes”, contou o major. 

A rebelião

Cerca de 450 detentos da penitenciária Mista de Parnaíba iniciaram um motim por volta das 18h desta sexta-feira (08). O local onde os presos são mantidos tem capacidade para apenas 169. Eles reclamam da superlotação, falta de estrutura e também de uma recente falta de água no presídio. 

Confira abaixo a nota oficial emitida pela Sejus: 

A Tropa de Choque, Forças Táticas da Polícia Militar, Bope, Rone e agentes penitenciários reprimiram um motim iniciado na noite dessa sexta-feira (8) na Penitenciária Mista de Parnaíba.

Presos de sete alas da unidade se amotinaram e atearam fogo em colchões e outros objetos, mas o Corpo de Bombeiros foi acionado. Boa parte dos presos, no entanto, não aderiu ao motim.


Efetivos da PM e da Rone de Teresina também deram suporte. A Secretaria de Justiça (Sejus) disponibilizou o Comando de Operações Prisionais (COP) para garantir segurança à unidade.

De acordo com Leandro Oliveira, diretor adjunto da Diretoria da Unidade de Administração Penitenciária da Sejus, a agilidade das tropas de segurança ajudaram a conter o problema logo no início.

"Temos avançado na parte de segurança prisional, o que tem evitado problemas como fugas e reprimido motins com êxito, mantendo a ordem e protegendo a população", diz. 

Nenhum preso foi ferido. As forças de segurança permanecem na unidade pelo menos até quarta-feira (13), para ajudar a manter a ordem no presídio.

Redação: GP1
Fotos: Portal PHB em Nota 



Nenhum comentário:

Postar um comentário