BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

sábado, 16 de junho de 2018

Governo do Piauí pretende separar presos por periculosidade em presídios

O governador Wellington Dias aprovou, nessa quinta-feira (14), proposta de separação dos presos do sistema prisional piauiense. A ideia é agrupar as pessoas privadas de liberdade de acordo com o grau de periculosidade que representam. A medida foi pensada pela Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) e apresentada ao governador pelo secretário Daniel Oliveira.

“Objetiva a resolução de potenciais, problemas de segurança pública de curto, médio e longo prazo, fornecendo suporte ao sistema penitenciário para combate e prevenção de ações de grupos criminosos no interior dos presídios”, explicou o governador Wellington Dias.

O Plano Operacional para Classificação de Detentos delega à Sejus a adaptação e transformação de três unidades prisionais da região da Grande Teresina para receber presos de alta, média e baixa complexidades. À Secretaria de Estado da Segurança compete a elaboração de um plano de combate e prevenção ao crime organizado no sistema penitenciário.


Atualmente, o Piauí conta com, aproximadamente, 4.500 presos e 2.600 vagas. A implementação do plano depende da assinatura de um termo de cooperação entre as duas secretarias.

“O Piauí será o primeiro estado brasileiro a ter a separação de acordo com a lei. Presos de alta, média e baixa periculosidade, ficarão em presídios adequados a seus perfis. Será levado em consideração o crime que ele cometeu e o perfil psicológico e psiquiátrico constante em laudo específico”, comentou Daniel Oliveira.

Autoria: Redação CCom

Nenhum comentário:

Postar um comentário