BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Prefeitura de Cocal reúne agricultores familiares para aquisição de merenda escolar

Nesta quarta-feira (14), representantes da Prefeitura de Cocal e do Instituto Federal do Piauí, IFPI – Campus Cocal, se reuniram com trabalhadores rurais para tratar da aquisição de produtos oriundos da agricultura familiar pela instituição através do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).


A reunião, realizada na Unidade Escolar Antonio Samuel, na Localidade Campestre, contou, também, com a presença do secretário municipal de Agricultura, Alexandre Almeida, e do vice-prefeito Nonatinho do Sindicato.


Em Cocal, o programa está em fase de chamada pública para aquisição dos produtos que serão ofertados na merenda escolar dos alunos do IFPI.


“Estamos fazendo uma ampla divulgação para todos os agricultores do município visando divulgar a lista de produtos para que os trabalhadores coloquem seu preço, incluindo os valores dos fretes. Esses dados nos darão subsídio para o cálculo do valor médio praticado no mercado local. Após essa fase, será lançado o edital para que os agricultores sejam contratados de acordo com cada modalidade”, explica.


O vice-prefeito Nonatinho do Sindicato avalia positivamente a parceria com o IFPI e com os agricultores, que, além de levar uma alimentação saudável à mesa dos alunos, também tem incentivado a produção da agricultura familiar e contribui com o aquecimento da economia do município.


“Essa é mais uma ação que tem beneficiado os trabalhadores rurais, por isso quero parabenizar toda a equipe técnica e dirigentes do IFPI, que está dando a oportunidade de as comunidades ficarem mais próximas do IFPI. Nesse setor, Cocal tem avançado bastante. Neste ano, a Prefeitura já comprou cerca de R$ 300 mil dos agricultores para a inclusão dos produtos na merenda escolar da rede pública. Isso é um ponto positivo, pois o agricultor já produzir sabendo que tem mercado garantido. Além disso, os recursos pagos pela merenda escolar, através da compra de produtos da agricultura familiar, passam a circular dentro das comunidades e do município”, finaliza o vice-prefeito Nonatinho do Sindicato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário