BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

segunda-feira, 25 de março de 2019

Entenda um pouco sobre a Psicose Reativa

Psicoses reativas são constituídas pelo aparecimento abrupto de sintomas psicóticos motivados por um fator psicossocial estressante. Na verdade, essas reações são determinadas não só pelas situações traumáticas, mas também pelas disposições pré-existentes da personalidade. No entanto, os fatores ambientais detêm maior importância como evento causal do problema, os fatores externos atuam como desencadeantes de um surto psicótico agudo.

As psicoses reativas representam uma falência aguda da capacidade de adaptação a uma situação difícil. Deve ser enfatizada a possibilidade de ganho emocional (primário ou secundário) com a eclosão do surto psicótico agudo.

Principais sintomas:

As psicoses reativas têm início súbito dos sintomas e retornam à normalidade em tempo relativamente curto. (Em geral, menor que um mês). O comportamento adquire posturas peculiares, trejeitos, gritos ou mutismo completo. Frequentemente ocorre desorientação, confusão mental, distúrbios de memória, fabulações, alucinações, delírios, etc. São frequentes as modificações rápidas de humor, a perplexidade e a regressão. O comportamento catatônico ou desorganizado é comum e isso pode confundir com os casos de simulação ou de histeria.

Podem existir traços de personalidade sugestivos de algum distúrbio psíquico, previamente ao fator desencadeante. O aparecimento da sintomatologia segue-se ao fator estressor em poucas horas e não duram mais de um mês.

Fonte: DSM
Alan Kelsen - Psicólogo. CRP 21/02933

Nenhum comentário:

Postar um comentário