quinta-feira, 2 de janeiro de 2020

Vídeo: Homem de 34 anos é esfaqueado várias vezes em tentativa de homicídio em Cocal-PI


O operário de construções, Sílvio dos Santos Machado, de 34 anos, sofreu uma tentativa de homicídio ao ser esfaqueado várias vezes por um desafeto na noite desta quarta-feira (01/01), por volta das 20h30min, no Bairro Ulisses em Cocal, município da região norte do Piauí. 


Testemunhas que não quiseram se identificar informaram ao Blog do Coveiro que o acusado trata-se de um jovem conhecido apenas como Lucas, possivelmente menor de idade. Conforme os relatos, a vitima estava sentada em uma calçada quando foi atacada pelo agressor, que armado com um facão desferiu vários golpes e panos atingindo a cabeça, costas e braços de Sílvio. 


Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atendeu a vitima realizando os primeiros socorros e na sequência a conduziu às pressas para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda) em Parnaíba-PI.

Os socorristas tiveram muito trabalho para imobilizar a vitima, que estava muito agitada e com sinais visíveis de embriaguez alcoólica. 

A vitima sofreu uma grande lesão nas costas, na altura do rim direito, além de cortes no couro cabeludo e braços. O agressor ainda desferiu vários panos de facão e pequenos cortes por todo o corpo da vitima. 

O policial militar, soldado Katyelson, informou ao Blog do Coveiro que momentos antes do crime, dois rapazes [o suspeito e outro] haviam se dirigido a sede do BPM querendo registrar um Boletim de Ocorrência (BO), alegando que um deles estava sendo ameaçado por um homem chamado Silvio, que reside no Bairro Ulisses. O militar orientou o denunciante a procurar a delegacia na manhã do dia seguinte, e desde já, se manter afastado da outra parte.


Minutos depois, a Polícia Militar tomou conhecimento da tentativa de homicídio e ao atender a ocorrência, testemunhas comunicaram que após o crime, um parente do acusado o ajudou a fugir do local em uma motocicleta. A guarnição realizou diligências no intuito de capturar o agressor, no entanto, não obteve êxito. 


A Polícia Civil, por meio da Delegada Daniella Dinali, após tomar conhecimento formal do ocorrido providenciará a instauração de um inquérito policial para apurar as circunstâncias que motivaram tamanha violência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário