quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Foragido do sistema prisional é recapturado em operação policial em Cocal-PI

Axel, um dos cães farejadores do canil da CORE
Foragido do sistema prisional desde o ano passado por não retornar de um benefício de saída temporária (a saidinha), o nacional Agenor Araújo do Nascimento, vulgo "Buriti", de 33 anos, foi recapturado e autuado pelo crime de tráfico de drogas na manhã desta quarta-feira (20/02), em Cocal, município da região Norte do Piauí. 


A operação foi coordenada pela Delegada Daniella Dinali e contou com o apoio do canil e agentes da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE) da Polícia Civil e de Policiais Militares comandados pelo Capitão Ronald. 


A ação teve a finalidade de desarticular pontos de venda e consumo de entorpecentes que estavam sendo monitorados pela Delegacia de Cocal-PI. Dos alvos, a polícia logrou êxito em apenas um, que funcionava em uma choupana situada às margens da PI-301, na saída do Bairro 90 para a localidade Vidéu. 


No imóvel os agentes flagraram Agenor Araújo em posse de uma mochila contendo maconha, crack e cocaína embaladas prontas para a comercialização, certa quantia em dinheiro trocado, além de papel alumínio e demais apetrechos para endolar o entorpecente. 

ACUSADO TENTA ENGANAR A POLÍCIA 



Ao ser preso novamente, Agenor tentou enganar a polícia se passando pelo o próprio irmão, Agenir, que é ficha limpa. A polícia ao verificar os dados pessoais repassados pelo suspeito, junto ao banco de dados, apresentou divergências e apurou-se que o acusado sempre que é abordado ou preso tenta enganar as autoridades se passando pelo irmão que não tem envolvimento com a criminalidade. 


Ao realizar uma investigação minuciosa se constatou que Agenor tem em seu histórico uma sentença de cinco anos, cinco meses e vinte e um dias de reclusão por tentativa de homicídio praticada em face de um idoso, além de um processo em que é indiciado por cometer uma série de furtos. Ambos os crimes foram praticados em Buriti dos Lopes-PI. 


Vale ressaltar que em desfavor do acusado ainda havia em aberto um mandado de recaptura do sistema prisional. Agenor cumpria pena no regime semiaberto na Colônia Agrícola Major César de Oliveira, em Altos-PI, mas era considerado foragido por não retornar à unidade carcerária depois de ser beneficiado com a saída temporária concedida pela justiça em um dos feriados do ano passado (2019).

2 comentários:

  1. Igual esse aí tem centenas aqui em cocal,vigiando os adolescentes é desistriturando as famílias, a polícia civil de cocal está de parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Igual esse ai tem muitos outros viciando os adolecentes e desistriturando as familias,a policia civil de cocal esta de parabens.

    ResponderExcluir