BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Operação policial prende três pessoas e realiza a maior apreensão de drogas já vista em Cocal


Por volta do meio-dia desta quarta-feira (13/08), uma força tarefa envolvendo Policiais Civis das cidades de Parnaíba e Buriti dos Lopes, coordenados pela Delegada Drª Daniella Dinali da comarca de Cocal, culminou na prisão de três pessoas e na apreensão de 7 (sete) papelotes de maconha e 115 (cento e quinze) pedras crack, numa residência localizada na Rua: Totonho de Brito, Bairro São Francisco em Cocal. A operação foi considerada a maior apreensão de drogas da história da cidade.


Após meses de investigações, os policiais prenderam a senhora Maria Suelí Rodrigues da Silva, de 43 anos, apontada como a principal acusada de liderar o tráfico de drogas na cidade, além de seu filho, o jovem Francisco Daniel da Silva Amorim, de 18 anos e a nora de dona Suelí, a jovem Francivalda Ribeiro de Sousa, de 24 anos. Além da grande quantidade de drogas, também foram confiscados uma balança de precisão, dois celulares, um Playstation 2 e uma quantia em dinheiro no valor de R$ 575,20 (quinhentos e setenta e cinco reais e vinte centavos).

Francivalda Ribeiro de Sousa e Maria Suelí Rodrigues da Silva
Ainda na residência, ao ter a voz de prisão decretada, a senhora Maria Suelí confessou o crime e afirmou a participação dos demais familiares (filhos e nora). Ela relatou que quem comprava a droga era seu filho de iniciais F.S.A., de 16 anos, que na ocasião foi apreendido à poucas quadras da residência de sua mãe. Em seguida todos foram conduzidos à Delegacia de Policia Civil de Cocal.


Uma filha da senhora Suelí, de iniciais L.S.A., de 15 anos, compareceu a Delegacia de forma espontânea e foi apreendida, pois os policiais tinham conhecimento do envolvimento também da menor na comercialização de drogas. Os irmãos F.S.A. e L.S.A. foram ouvidos em termo de informação e responderão a um B.O.C. (Boletim de Ocorrência Circunstanciado) na qual foram liberados em seguida na presença de um responsável. Os demais envolvidos serão encaminhados para um presidio, onde ficarão a disposição da justiça.


Nenhum comentário:

Postar um comentário