BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Atendimento a motociclistas acidentados bate recorde no HUT no Piauí

A quantidade de pacientes vítimas de acidentes de motocicleta continua sendo umas das principais preocupações da direção do Hospital de Urgência de Teresina Prof. Zenon Rocha (HUT). Isso porque, no mês de outubro, o número de atendimentos referente a estes casos bateu recorde anual.



Dados do HUT revelam que 83% dos pacientes vitimizados em acidentes de trânsito atendidos no hospital pilotavam ou estavam na garupa de motocicletas. Somente em outubro foram 1022. Esse número tem relação direta com o balanço divulgado nesta segunda-feira (16) pela Fundação Hospitalar de Teresina. De acordo com a FHT, 1.327 cirurgias foram feitas no HUT somente no mês passado. A quantidade é a maior registrada em período mensal desde a inauguração do hospital, em 2008. Diante dos números, o HUT quebrou o seu próprio recorde que era de 1.300 procedimentos cirúrgicos registrados no mês de agosto.“Esse número é importante porque cada cirurgia que fazemos representa uma diminuição no número de pacientes que aguardam o procedimento cirúrgico, que estão em macas. Também diminui o risco de uma possível sequela”, esclarece o diretor do HUT, Gilberto Albuquerque.

Segundo a FHT, das 1327 cirurgias realizadas no mês de outubro, 771 foram ortopédicas, correspondendo a 58,1% do total. O número corresponde a 43 intervenções cirúrgicas diárias. “O número de cirurgias ortopédicas cresce 10% ao ano e é o grande gargalo do HUT. Há três anos, fazíamos 400 procedimentos desse tipo”, destaca o diretor Gilberto Albuquerque.

O aumento da quantidade de cirurgias é reflexo da ampliação do HUT. Nos últimos anos, a Fundação Hospitalar de Teresina aumentou a capacidade do hospital em 50%. O centro cirúrgico, por exemplo, ampliado em 3 salas. A expectativa é que até o final do ano a unidade realize 14.700 intervenções.


Fonte: Portal Meio Norte



Nenhum comentário:

Postar um comentário