BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Primeiro dia do ano é marcado por três tentativas de fuga na Penitenciaria Mista de Parnaíba

Vinte presos tentaram fugir da Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina, no município de Parnaíba, na madrugada desta sexta-feira (01). Segundo o diretor jurídico do Sindicado dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sipoljuspi), Vilobaldo Carvalho, três tentativas de fuga foram registradas nas primeiras horas de 2016; todas na penitenciária de Parnaíba. 


Vilobaldo explica que a primeira tentativa ocorreu por volta de uma hora da manhã de hoje quando sete detentos, todos da cela coletiva 7, tentaram fugir, mas a ação foi abordada pelos agentes penitenciários. A segunda tentativa ocorreu cerca de duas horas depois, quando um dos presos da ala 08 chegou a sair da penitenciária, mas foi recapturado pelos agentes.


Já a terceira tentativa de fuga foi realizada pelos detentos da triagem por volta das 4 horas da manhã. Ao todo, 12 presos pretendiam sair da penitenciária. Eles já haviam quebrado o cadeado da cela em que estavam indo em direção ao segundo portão para sair da Penitenciária quando foram surpreendidos pelos agentes plantonistas. Uma barra de ferro foi utilizada para quebrar os cadeados. 


“O final de ano sempre é delicado porque os presos aproveitam qualquer oportunidade para fugir da cadeia. Além disso, a superlotação em Parnaíba e a precária estrutura facilita a ação dos detentos. A estrutura, que já era ruim, ficou ainda pior com o último motim porque eles depredaram praticamente tudo”, disse o diretor jurídico. 

 Paulo Augusto da Silva foi pego já área de fora do presídio
No dia 15 de dezembro de 2015, detentos atearam fogo em colchões dentro dos pavilhões pedindo a liberação das visitas íntimas uma vez que foram canceladas pelo movimento grevista dos agentes penitenciários. Atualmente, a penitenciária está com o quadro de superlotação, pois abriga 440 detentos, mas tem como limite 220 vagas. 


Fonte: Carlienne Carpaso (especial para o cidadeverde.com)




Nenhum comentário:

Postar um comentário