BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Tribunal Popular do Júri condena réu a 12 anos de reclusão em Cocal


O Tribunal Popular do Júri realizado nesta segunda-feira (04/12), no  município de Cocal, região Norte do Piauí, considerou o réu Marciel Raimundo Machado, de 27 anos, culpado pelo assassinato do jovem Felipe Lima da Cunha, de 19 anos, morto com uma facada no peito na madrugada do dia 01º de janeiro de 2013, momentos depois de uma discussão iniciada no interior do Clube Monção. CLIQUE AQUI e reveja


A sessão realizada no plenário da Câmara Municipal de Vereadores começou às 10:00 horas e encerrou-se às 20:00 horas, com a leitura da sentença que condenou o réu à pena de 12 anos de prisão, em regime fechado, fixada pelo Juiz de Direito, Dr. Carlos Augusto Arantes Júnior, que presidiu o júri e negou ao acusado o direito de apelar em liberdade. 


A acusação ficou a cargo do representante do Ministério Público, na pessoa do Promotor de Justiça, Dr. Francisco Túlio Ciarlini Mendes, que pediu a condenação do acusado conforme os termos da pronuncia, que defendeu a tese de homicídio qualificado por motivo fútil. 


O réu teve a defesa patrocinada pelo Estado, por meio da Defensora Pública, Dr.ª Christiana Gomes Martins de Sousa, que sustentou a tese principal de absolvição pela negativa de autoria e subsidiariamente desqualificação para homicídio privilegiado.


Após interrogatórios e debates, o Conselho de Sentença formado por quatro mulheres e três homens acatou a tese arguida pelo Ministério Público não absolvendo o réu que permaneceu em liberdade durante todo o processo. Ele saiu preso da sessão e foi encaminhado para a Penitenciária Mista de Parnaíba, onde ficará recolhido cumprindo a sua pena.

Nenhum comentário: