BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Preso pela 4ª vez esse ano, suspeito é dominado por populares após furto à residência em Cocal-PI

No final da noite desta terça-feira (06/08), a Polícia Militar prendeu pela quarta vez em um prazo de menos de 05 meses, no município de Cocal, região norte do Piauí, o nacional Marcos Antônio da Conceição, de vulgos “Marcos Perua”, “Tiziu”, “Foguinho” e “Jhonny”, de 43 anos, residente na vizinha cidade de Caraúbas do Piauí. Em posse dele foi apreendido um aparelho celular furtado e a quantia de R$136,00 (cento e trinta e seis reais).



Tudo teve inicio por volta das 21 horas, quando os militares foram acionados por moradores de uma residência situada no Bairro Santa Teresinha em Cocal-PI, que comunicaram sobre o furto de uma quantia em dinheiro que gira em torno de R$1.700,00 (mil e setecentos reais), sendo R$1.150,00 (mil, cento e cinquenta reais) em cédulas e o restante em moedas, além de um smarthphone e duas redes. 
Ainda de acordo com as vitimas, no momento do crime não havia ninguém em casa. Os criminosos adentraram o local após arrebentarem uma porta dos fundos. Vizinhos informaram que Marcos Perua e outro suspeito foram vistos rodeando a referida residência momentos antes da saída dos moradores. 

Durante as diligências, uma equipe do motopatrulhamento da PM tomou conhecimento que um dos suspeitos estava em um estabelecimento comercial na Avenida: Raimundo Alves Pereira. Ao se dirigir para atender a ocorrência, os militares encontraram Marcos Perua imobilizado por amigos de uma das vitimas. Em posse do acusado foi apreendido apenas o smarthphone furtado do interior da casa e uma pequena quantia em dinheiro.



O caso foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Parnaíba-PI. Em depoimento, o acusado disse que não participou do furto à residência e que o telefone ele adquiriu pelo valor de R$500,00 (quinhentos reais) de um homem chamado Edinaldo. O delegado plantonista indiciou Marcos Perua no crime de receptação e este se encontra encarcerado a disposição da justiça. 


MATÉRIAS RELACIONADAS:


Nenhum comentário:

Postar um comentário