BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

VÍDEO: Acusado de esfaquear desafeto se apresenta a polícia e alega legitima defesa em Cocal-PI

No final da manhã desta última sexta-feira (25/10), o lavrador José Osmar Tavares da Silva, de 50 anos, que lesionou a facadas o também lavrador Juaci Francisco Machado de Albuquerque, de 26 anos, se apresentou na Delegacia de Polícia Civil de Cocal, município da região norte do Piauí. 

O acusado atingiu a vitima com quatro facadas, na qual uma perfuração atingiu o tórax, abaixo do peito direito, e os outros três golpes no braço e mão direita. O fato ocorreu na noite do dia 07 de outubro, na localidade Gameleira dos Docas, zona rural da cidade. CLIQUE AQUI E REVEJA. A vitima passou vários dias hospitalizada. 

José Osmar compareceu ao distrito policial atendendo a intimação da Delegada Daniella Dinali, que ao tomar conhecimento do ocorrido, instaurou um inquérito policial para apurar o que realmente aconteceu. No decorrer das investigações, a autoridade policial já ouviu a vitima e as testemunhas e ao que tudo indica o acusado será indiciado pelo crime de tentativa de homicídio. 


Ao prestar depoimento na delegacia, José Osmar usou o direito constitucional de permanecer em silêncio, alegando que só falará do caso em juízo, entretanto, concedeu entrevista ao Blog do Coveiro dando a sua versão e declarando que agiu em legítima defesa conforme o vídeo em anexo. 



Vale ressaltar que o fato de um investigado ficar calado perante os questionamentos de uma autoridade policial não quer dizer que ele é culpado ou que possa ser presumido culpado. Qualquer pessoa suspeita ou ré em um processo tem o direito de permanecer calada durante qualquer interrogatório. Isso é um direito fundamental que todo cidadão tem de não ser obrigado a produzir provas contra si. Da mesma forma como um criminoso não é obrigado a confessar, ele não é obrigado a dizer nada que possa ser usado contra ele no futuro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário