BLOG DO COVEIRO

Contatos: wenddel_cocal@hotmail.com Fone/WhatsApp: (86) 99972-6801.

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Polícia cumpre mandado judicial e prende mãe e filha condenadas por tráfico de drogas em Cocal

Policiais Civis e Guardas Municipais lotados na Delegacia do município de Cocal, na região norte do Piauí, deram cumprimento a mandados judiciais de prisão definitiva em desfavor da senhora Maria Lourdes Rodrigues da Silva, de 72 anos, e de sua filha, Maria Francilene Rodrigues da Silva, de 42 anos. 


Ambas foram sentenciadas a uma pena de 10 anos e 01 mês de reclusão a ser cumprido inicialmente em regime fechado na Penitenciária Mista de Parnaíba-PI, e ao pagamento de 1.390 dias-multa, pelo cometimento dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. 


O procedimento que resultou na condenação de mãe e filha teve inicio com a prisão de Francisco José Pereira dos Santos, o "Jatobá", que na época era companheiro de Maria Francilene, e consequentemente, genro de dona Lourdes. O trio era investigado pelo crime de tráfico de drogas e em cumprimento a um mandado de busca e apreensão, os policiais acabaram prendendo em flagrante delito, no dia 17 de dezembro de 2012, um dos suspeitos , o Jatobá [CLIQUE AQUI e reveja].


Mãe e filha não se encontravam na casa investigada durante a ação policial e por não ter havido o flagrante delito em desfavor de ambas, elas foram arroladas nos autos como rés, tendo o direito de responder ao processo em liberdade e posteriormente, recorrer da sentença em primeira instância também em liberdade, ao contrário de Jatobá, que ainda encontra-se preso e atualmente cumpre a pena imposta pela justiça na Colônia Agrícola Major César Oliveira. 

Os réus foram sentenciados em primeira instância (Comarca de Cocal) a uma punição de 12 anos e 03 meses de reclusão, que posteriormente foi reformulada pelo Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) [segunda instância], que a reduziu para 10 anos e 01 mês de prisão. O TJ diminuiu também, a sanção de multa de 1.575 dias-multa para 1.390 dias-multa (cada dia-multa equivalente a 1/30 de um salario mínimo vigente a época dos fatos).

Nenhum comentário:

Postar um comentário